Ô merda

Tô ficando mais gripado a cada momento que passa. Merda, isso não podia ter chegado em pior hora. Não consegui estudar Quântica até agora por causa disso…

Pra melhorar tudo, ando me sentindo solitário. Não é falta de contato com as pessoas, mas ter “aquela” pessoa do meu lado faz muita falta. Não, não estou falando de ninguém especificamente, então não pense bobagem, caro leitor. Tempos atrás eu andei em dúvida sobre certas coisas que fiz no ano passado, mas no fim das contas cheguei à conclusão de que tomei a decisão certa. Confundi minha carência com outra coisa, e quase fiz bobagem.

Esse não é o tipo de assunto do qual eu gosto de falar num blog, porque é pessoal demais. Mas, pelo menos, falar um pouco a respeito me ajuda a botar pra fora e agüentar a pressão um pouco melhor.

O fato é: tenho que parar de sentir pena de mim mesmo, tomar coragem e me manter receptivo a outras pessoas… notei de uns tempos pra cá que, apesar de alardear um monte de coisas, ainda continuo o mesmo sujeito desengonçado e tímido de sempre.

[Soundtrack: Little Willies – Streets of Baltimore]